Atualizado 06/04/2018

Grêmio "vira a chave" e quer foco para colar no líder do grupo na Libertadores

Após estrear com empate, Tricolor mira primeiro triunfo sobre o Monagas para encostar no Cerro, que lidera o Grupo 1 com 6 pontos

A goleada por 4 a 0 aplicada com autoridade sobre o Brasil de Pelotas, no último domingo, confere ao Grêmio uma vantagem confortável e o deixa com uma mão na taça na briga pelo título do Gauchão. Distante das divisas territoriais gaúchas, porém, o Tricolor depara com situação bem menos cômoda em sua defesa de título da Libertadores. Nesta quarta-feira, às 19h15, duela com o Monagas, da Venezuela, na Arena, pela 2ª rodada do Grupo 1.

 

Um eventual tropeço dentro de casa contra o adversário considerado mais "acessível" do grupo complicaria e muito as pretensões gremistas de fechar a fase na liderança do grupo. Não à toa, a ordem que paira sobre a Arena é para "esquecer" o estadual e dirigir foco total ao embate com os venezuelanos. Em especial, pela vantagem construída diante do Xavante.

 

– A gente conquistou uma grande vantagem no primeiro jogo. Não temos que pensar no Gauchão, somente na Libertadores. O próximo jogo é o que importa. Esperamos poder vencer, jogando em casa, estamos totalmente focados no jogo de amanhã (quarta-feira) – ressaltou o atacante Luan.

 

Grêmio mantém foco na Libertadores para evitar se distanciar do Cerro (Foto: Lucas Uebel/Divulgação Grêmio)

Grêmio mantém foco na Libertadores para evitar se distanciar do Cerro (Foto: Lucas Uebel/Divulgação Grêmio)

 

O Cerro Porteño se mostra como principal rival gremista na competição continental. Com um jogo a mais e 100% de aproveitamento, os paraguaios lideram a chave após vitórias sobre os venezuelanos, na estreia, e o Defensor, respectivamente. O Grêmio, por sua vez, soma apenas um ponto, do 1 a 1 contra os uruguaios, em Montevidéu, com gol sofrido nos minutos finais do segundo tempo.

O atual panorama das duas competições em disputa serve de elemento a mais para motivar o elenco para encarar o rival venezuelano. Formado por atletas "fominhas", o grupo se mobiliza para estar em campo contra o Monagas e se prevenir de qualquer "zebra" potencial na Arena. Um triunfo nesta quarta-feira acirra a disputa pela liderança da chave e deixa o Grêmio em condição mais confortável para assegurar a vaga nas oitavas.

 

– A gente vê mais não como pressão, mas como motivação. Vimos como é bom ser campeão de uma competição tão importante como a Libertadores. Sabemos a importância da fase de grupos, fazer um bom papel e vencer os jogos em casa. Tiramos como exemplo ano passado, vitorioso, para quem sabe repetir a mesma campanha neste ano – acrescenta Ramiro.

 

Renato deve manter a mesma equipe que venceu o Brasil na final do Gauchão (Foto: Lucas Uebel / Grêmio, DVG)

Renato deve manter a mesma equipe que venceu o Brasil na final do Gauchão (Foto: Lucas Uebel / Grêmio, DVG)

 

O Grêmio enfrenta o Monagas nesta quarta-feira, às 19h15, na Arena, pela 2ª rodada do Grupo 1 da Libertadores. A equipe tem um ponto somado, enquanto o adversário foi derrotado na estreia. O jogo da volta da final do Gauchão contra o Brasil de Pelotas está marcado para o domingo, às 16h, no Estádio Bento Freitas.

 

Grêmio x Monagas - fase de grupos - Libertadores

 

  • Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre.
  • Data e horário: quarta-feira (4/4), às 19h15.
  • Provável Grêmio: Marcelo Grohe; Léo Moura, Geromel, Kannemann e Cortez; Maicon, Arthur, Ramiro, Luan e Everton; Jael.
  • Desfalques: Marcelo Oliveira e Douglas.
  • Provável Monagas: Alain Baroja; Edwar Bracho, Joaquin Lencinas, Lucas Trejo e Óscar González; Dager Palacios, Carlos Suárez, Javier Garcia, Luis González e Rubén Rojas; Jhonder Cádiz.
  • Desfalque: Vogliotti
  • Arbitragem: Carlos Orbe, auxiliado por Luis Vera e Edwin Bravo, todos do Equador.
  • Transmissão: Sportv. O GloboEsporte.com acompanha em Tempo Real.

Fonte: Globo Esporte
© Copyright 2017 - Rede Nossa Rádio, Todos os direitos reservados Desenvolvido por HZ Soluções