Atualizado 16 horas atrás

Apesar de filtragem, Play Store deixa passar aplicativos nocivos para celulares Android

Google diz que a taxa de aparelhos Android com algum aplicativo malicioso vem caindo ano após ano e que cada vez mais aplicativos são bloqueados antes de chegarem à Play Store, segundo relatórios da empresa.

 

Mas loja oficial do Google enfrenta problemas sem paralelo com suas concorrentes Microsoft e Apple. Nos últimos meses, programas altamente sofisticados para o roubo de senhas bancárias "furaram" a proteção e foram cadastrados na Play Store.

 

Esses programas utilizam os recursos de acessibilidade do Android para obter informações sobre o que está sendo exibido na tela e cobrir a imagem com alguma tela falsa, a fim de garantir que as informações digitadas sejam recebidas por um criminoso.

 

Além do comportamento nocivo, o que mais chama atenção nesses aplicativos, segundo especialistas das empresas Eset e Diebold Nixdorf, que os encontraram, é a clara intenção de enganar.

 

Eles utilizavam nomes que faziam alusão ao WhatsApp (como "Whatsfound" e "Atualização WhatsApp") e suas cores e ícones também foram escolhidas para confundir. Ao serem executados, os aplicativos não prestavam o "serviço" que ofereciam.

Fonte: g1.com
© Copyright 2017 - Rede Nossa Rádio, Todos os direitos reservados Desenvolvido por HZ Soluções