Atualizado 27/12/2018

Astronauta que foi à Lua não vê sentido em ir a Marte

A exploração espacial é uma prioridade para você? Uma pesquisa de 2018 indicou que menos do que um em cada cinco norte-americanos veem a ida da humanidade ao planeta Marte como uma prioridade. Nesta semana, William Anders, astronauta que fez parte da tripulação da missão Apollo 8, a primeira aeronave a voar na órbita da Lua em 1968, fez críticas ao empreendimento interplanetário de levar pessoas ao planeta vermelho.

 

Em entrevista a um documentário de rádio da BBC, Anders considera que as missões tripuladas para Marte que a Nasa planeja para os próximos anos são estúpidas e quase ridículas. “O que é imperativo? O que está nos levando a ir a Marte?”, indagou o ex-astronauta. Ele alega que a falta de interesse público é um dos problemas de missões ao planeta vermelho.

 

Ainda assim, Anders se diz entusiasta das missões não tripuladas, que são mais baratas para a Nasa e não colocam pessoas em risco. Vale notar que o foguete que poderia levar humanos a Marte ainda não está finalizado. Além do risco de explosão no lançamento, a viagem também oferece risco de câncer, em razão da radiação; de redução da visão, da densidade óssea e da massa muscular, devido à ausência de gravidade; e, por fim, há o risco da aterrissagem, uma vez que a gravidade de Marte é diferente da que temos na Terra e, por isso, seriam necessários foguetes permitem chegar ao solo em segurança.

 

Frank Borman, ex-astronauta que participou da missão Apollo 8, também vê o entusiasmo pelo planeta vermelho como algo demasiado. “Há muita empolgação com Marte que não tem sentido. Musk e Bezos, eles falam sobre colocar colônias em Marte, isso não tem sentido”, afirmou Borman. No entanto, ele se diz apoiador da exploração espacial e vê a humanidade no espaço como parte disso.

 

Em 2010, a Nasa anunciou planos de levar uma missão tripulada para voar na órbita e pousar em Marte em meados da década de 2030. Neste ano, a agência espacial americana pousou com sucesso a sonda InSight no planeta vermelho para estudar a sua geologia.

Fonte: Msn.com
© Copyright 2017 - Rede Nossa Rádio, Todos os direitos reservados Desenvolvido por HZ Soluções