Atualizado 07/02/2019

Beto Richa é preso em Curitiba

Foi cumprido na manhã desta sexta-feira, 25, em Curitiba, pela Policia Federal um mandado de prisão contra o ex-governador do Paraná Beto Richa (PSDB). Por meio da Operação Integração, uma fase da Lava Jato, a prisão foi movida pelo Ministério Público Federal (MPF), que investiga possíveis crimes na concessão de rodovias no Estado.

 

Além de Richa, Dirceu Pupo Ferreria, contador da ex-primeira dama Fernanda Richa, também foi alvo de prisão preventiva.

 

Segunda prisão de Richa

 

Em 11 de setembro de 2018, o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), havia efetuado a prisão de Beto Richa. Na ocasião, também foram presos sua esposa Fernanda Richa, Deonilson Roldo, ex-secretário da Casa Civil, Pepe Richa, o irmão de Beto, que foi secretário de obras, Ezequias Moreira, ex-secretário especial de Cerimonial e Edson Casagrande ex-secretário de Assuntos Estratégicos.

 

Quatro dias depois, após decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes, Beto Richa foi solto.

© Copyright 2017 - Rede Nossa Rádio, Todos os direitos reservados Desenvolvido por HZ Soluções