Atualizado 01/08/2018

Sergio Moro vê resultado da eleição como risco à Lava-Jato, diz jornal

O juiz federal Sérgio Moro afirmou, durante o Fórum Estadão Mais governança e Mais segurança, realizado na última quarta-feira (25), em São Paulo, que o resultado das eleições deste ano representa um "risco de retrocesso" no combate à corrupção, simbolizado na Operação Lava-Jato. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

 

– A dúvida é o que vai acontecer daqui para a frente. Vamos retomar aquela tradição de impunidade ou isso representou uma quebra significativa? Nessa perspectiva existe sempre um risco de retrocesso em relação a esses avanços. E há um risco, ainda, que nós não avancemos mais. Para avançar mais, precisamos, além de processos efetivos contra a corrupção, de mudanças políticas mais gerais nas leis para diminuir os incentivos e oportunidades para a corrupção. Mas os riscos sempre permanecem. Isso é algo que não vai ser dessa eleição, nem da próxima, sempre vai existir esse risco. Eu espero que não se concretize.

 

Moro  afirmou ainda que o país precisa "do exemplo de lideranças honestas" e "de políticas mais gerais para diminuir os incentivos e oportunidades da corrupção".

 

Para o magistrado, são necessárias "reformas de políticas mais gerais para diminuir os incentivos e oportunidades à corrupção."

 

A respeito da possibilidade de o Supremo Tribunal Federal rever o entendimento que autoriza a prisão após condenação em segunda instância, o juiz disse considerar “improvável”. 

 

– Muito difícil prever. Me parece, no entanto, que esse precedente foi tomado pela primeira vez em 2016 e reiterado três vezes, depois, no Supremo. Então, me parece um tanto quanto improvável uma alteração da jurisprudência do Supremo, embora seja algo possível e eu possa estar enganado – afirmou Moro.

Fonte: Diário Catarinense
© Copyright 2017 - Rede Nossa Rádio, Todos os direitos reservados Desenvolvido por HZ Soluções