Atualizado 09/05/2019

UFSC deve rever contratos para tentar conter gastos após anúncio do MEC de corte de verba

A Reitoria da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) afirmou que vai trabalhar na gestão para conter gastos, após o anúncio do Ministério da Educação (MEC) de bloquear 30% da verba das universidades e institutos federais do país.

 

A UFSC vai tomar medidas como revisão de contratos de terceirizados e outros itens, já que esse dinheiro também é usado para pagar despesas como água e luz.

 

O Ministério da Educação afirmou, na noite de terça-feira (30), que o bloqueio de 30% na verba das instituições de ensino federais vai valer para todas as universidades e todos os institutos. O anúncio foi feito depois das reações críticas ao corte de verba de três universidades que tinham sido palco de manifestações públicas: a Universidade de Brasília (UnB), a Universidade Federal Fluminense (UFF) e a Universidade Federal da Bahia (Ufba).

 

A Reitoria da UFSC disse que um corte já era esperado, mas acreditava que seria um percentual menor.

 

O Secretário de Educação Superior do ministério, Arnaldo Lima, falou que o bloqueio é preventivo, e pode ser revisto caso o cenário econômico mude no segundo semestre.

Fonte: G1.COM
© Copyright 2017 - Rede Nossa Rádio, Todos os direitos reservados Desenvolvido por HZ Soluções